S. Simão – Produção de Azulejos Tal Como Eram Fabricados no Século 17

Ao sul de Lisboa, próximo de Vila Nogueira de Azeitão, em S. Simão, você pode encontrar uma pequena e encantadora fábrica de azulejos e aproveitar para participar num workshop diferente. Uma autêntica jóia para os amantes de azulejos, que aqui ainda são produzidos tal como eram no século 17!

Você não encontrará provavelmente outro local em Portugal onde todo o processo seja feito de forma tradicional, desde o início. Aliás, para além de assistir, você poderá inclusivamente participar, se quiser, com suas próprias mãos.

Esse espaço foi aberto em 1982, inicialmente com 3 sócios, dos quais apenas resta um. Ele tem uma pequena equipe de 4 artesãos (apenas 1 permanente) que mantêm a alma desse espaço fascinante.

Você será bem-vindo em qualquer dia a qualquer hora, não importa se for feriado ou final-de-semana. Haverá sempre alguém para orgulhosamente lhe mostrar tudo sobre a produção de um azulejo tradicional.

Uma das maiores produções dos Azulejos de S. Simão, foi para o Casino de Macau, uma façanha de 5.000 azulejos que demorou 8 meses para produzir.

Os azulejos são uma arte portuguesa que iniciou seu desenvolvimento no século 16. As raízes são muçulmanas. Se tornou particularmente popular durante o século 18, já que associamos os azulejos azuis e brancos a esse período.

A abundância de matéria-prima, a facilidade de limpeza, o bom isolamento e as faculdades decorativas, contribuíram para que se tornasse um produto de Portugal.

Share this on...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários