O Dia em que Conheci Manoel de Oliveira – a Lenda Mundial do Cinema

Certa vez, próximo do réveillon, fiz um tour para uns clientes Indianos (um simpático casal e uma amiga) que trabalhavam na indústria do cinema. Eles me haviam dito que tinham um desejo muito especial, mas difícil de concretizar; eles queriam muito conhecer o realizador de cinema mais antigo do mundo ainda no ativo – Manoel de Oliveira.

Nós estávamos em Lisboa e o Porto – a sua cidade natal – ficava a mais de 3 horas de distância. Mas eles estavam determinados em ir lá, nem que fosse para estarem apenas 5 minutos com ele.

Eu consegui o telefone da sua filha e ela simpaticamente arranjou-nos a reunião com ele no seu apartamento, próximo da Foz do Douro. Isto aconteceu no dia 30 de Dezembro. No mesmo dia metemos mão no volante e seguimos para o Porto para saudar o grande Manoel de Oliveira, então com 102 anos.

Ele nos recebeu de forma muito cordial e simpática em sua casa e acabámos por estar lá umas boas 2 horas conversando. Os clientes ficaram radiantes… nem acreditavam que tal fosse possível!

Antes de regressarmos, ainda tivemos tempo por curtir um pouco a cidade do Porto e almoçar na margem contrária do rio – em Gaia – com vista para a magnífica Ribeira (as antigas docas da cidade).

Que experiência memorável para eles e também para mim, a oportunidade de conhecer um dos maiores realizadores de cinema de todos os tempos, cuja vida se confunde com a própria história da indústria cinematográfica. Manoel de Oliveira faleceu recentemente com 106 anos.

Share this on...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Comentários